A III Itinerância Ruspoli de Música Barroca na América Latina, teve início em Havana, Cuba (Fev 2017), com o concerto do vencedor do VIII Concurso Ruspoli de música barroca (Itália-2016), o cravista italiano Deniel Perer (Feltre, Itália).

No mês de agosto deste mesmo ano, a itinerância parte para Peru, realizando concertos em Lima e Cusco.

A Itinerância musical Príncipe Francesco Maria Ruspoli é mais um fruto da parceria entre a Associação Cultural Ruspoli de São Paulo e o Centro Studi e Ricerche Santa Giacinta Marescotti de Vignanello, Itália. Pela terceira vez em 2017, a Itinerância apresenta na América Latina, em Lima e Cusco, o vencedor do Concurso Internacional Príncipe Francesco Maria Ruspoli de Música Barroca e Musicologia, depois de uma primeira etapa na Ciudad vieja de Havana, Cuba, no mês de Fevereiro de 2017. O início foi no Castelo Ruspoli em Vignanello, perto de Roma, onde Giada Ruspoli e o Centro Studi criaram em 2009 o Concurso que em outubro de 2017 realiza sua 9ª edição. Sob a direção artística deste que escreve, o prêmio nasceu para honrar a memória do Príncipe Francesco Maria Ruspoli (Vignanello 1672 – Roma 1731) e trazer à luz o espírito do maior mecenas da Roma setecentista, que acolheu alguns dos melhores artistas, poetas e músicos como Corelli, Hottetere, Caldara, Alessandro Scarlatti e Händel. Anualmente acontecem duas seções do Concurso: Música barroca, de que participam profissionais de canto e instrumentistas, e Estudos musicológicos, onde pesquisadores apresentam seus ensaios sobre a produção barroca, sendo que os artigos selecionados entram para a publicação “Miscellanea Ruspoli”. O concurso de 2016 foi dedicado ao cravo. O júri, presidido por Robert Wolley (Royal College of Music, Londres), elegeu como vencedor Deniel Perer (Feltre, Itália). Na esteira do espírito internacional do Príncipe Francesco Maria, o Centro Studi e a Associação também se juntaram para lançar um Prêmio bienal de Estudos musicológicos Euro-Latino-Americanos na América Latina e Caribe, realizando sua terceira edição em 2018, e a publicação “Quaderni Ruspoli”, mais uma oportunidade para promover internacionalmente a cultura da qualidade musical e o intercâmbio cultural entre Europa e América Latina.

Giorgio Monari

Programa Peru

10 e 16 de agosto, Istituto Italiano di Cultura, Lima, e Casa de la Cultura, Cusco, Peru – «Barroco, música e memoria en la época de la globalización», conferências por Giorgio Monari

10 de agosto, Basílica Nuestra Señora Auxiliadora, Lima, Peru –Recital de órgão

14-16 de agosto, Cusco, Peru – Workshop «Del sonar et del concertar», por Deniel Perer

17 de agosto, Catedral, Cusco – Recital de órgão

Terceira Itinerância – Logos